seg
out 5th

Gedit com busca de texto ...

Uma das coisas que deixava a desejar no Gedit era a falta de uma busca por textos dentro dos arquivos em todo projeto. Conseguiamos apenas realizar buscas por nome de arquivo através dos plugins Snap Open (padrão do Gedit no Ubuntu 9.04), Gedit Open File e Gedit Go To File sendo os dois últimos inclusos no projeto Gmate, mas vasculhando com um pouco mais de calma encontrei o plugin File Search para resolver esta carência.

A instalação é simples:

- Faça o download do arquivo tar.gz
- Descompacte os arquivos
- Copie os arquivos para ~/.gnome2/gedit/plugins/
- Inicie o Gedit ative o plugin File Search em Editar >Preferências > Plugins
- A tecla de atalho para o File Search é Ctrl + Shift + F

Para instalar e obter mais informações sobre os outros plugins mencionados acima consulte este post.

Lembre-se que se você já instalou outros plugins que não fazem parte deste pacote é recomendado que faça um backup antes. Eu particularmente instalei o File Search após ter os plugins do Gmate já instalados e não tive problemas.

Aproveito este post para deixar mais algumas dicas:

- Caso esteja utilizando o plugin Gemini (Fecha aspas, chaves, parenteses) é necessário desabilitar o plugin Bracket Completion que vem por padrão;

- Somente um dos plugins de busca por arquivos (Snap Open, Gedit Open File ou Gedit Go To File) deve estar habilitado;

- Alguns documentos devem ser marcados com caracter de fim de linha, se você estiver utilizando o plugin Save without trailing space ele incluirá uma linha a mais em todo arquivo que for alterado e salvo no Gedit;

- Aqui uma lista de shortcuts para facilitar a vida no Gedit.

Se gostou do plugin File Search deixe um comentário para o autor, pois é legal copiar e mais legal ainda é reconhecer os autores.

Referências:
- Gedit File Search
- File Search no Github
- Find and Files plugin
- Gmate
- Gedit Text Editor

dom
mai 3rd

Gedit com cara de TextMate ...

Atualizado em: 19/03/2010

Para desenvolver com Ruby on Rails em Linux uma boa alternativa para editores de texto é o Gedit com alguns plugins. Longe de ficar igual ao TextMate, mas digamos que assim dá um “gostinho a mais” para escrever alguns códigos, logicamente o intuito aqui não é mudar a “cara” do Gedit somente, mas sim utilizar algumas ferramentas para tornar mais ágil o desenvolvimento, como atalhos, auto-completar de textos, busca rápida de arquivos dentro do projeto, etc. Existem vários desenvolvedores que estão contribuindo para melhorar o Gedit, então dei uma vasculhada e montei uma configuração interessante para quem está iniciando com Ruby on Rails em Linux.

Estou usando a versão 2.24.2 do Gedit no Ubuntu 8.10 com o tema Mac Graffite.

Plugins instalados por padrão
Vamos começar atualizando os plugins que já estão instalados por padrão.

sudo apt-get install gedit-plugins
  • Bracket Completion (fecha colchetes, aspas, parênteses, etc)
  • Code comment (cria atalho para incluir comentários)
  • Embedded Terminal (abra uma janel com o Terminal dentro do Gedit)
  • File Browser Pane (Exibe um painel com arquivos e pastas)
  • Indent Lines (indentação automática)
  • Modelines
  • Session Saver (grava sessões para armazernar os últimos arquivos)
  • Snippets (atalhos para utilizar pedaços de códigos pré-definidos)

Plugins extras
Como grande parte dos plugins foram desenvolvidos em Python é necessário a instalação de algumas bibliotecas.

sudo apt-get install python-webkit
sudo apt-get install python-pyinotify

Na pasta pessoal /home/seu_nome (digite cd + enter no terminal para isso) clone o projeto Gmate do Alexandre da Silva.

git clone git://github.com/lexrupy/gmate.git

Entre na pasta criada e digite o comando de instalação:

cd gmate
sh install.sh
  • Classbrowser (Painel com as classes)
  • Gemini (semelhante ao Bracket Completion)
  • Quickhighligthmode (visualização em cores para extensões Rails)
  • Rails Extract Partial (extrai pedaços de código para classes parciais)
  • Rails Hotkeys
  • Smart Indent (indentação automática)
  • Text Tools (buscar textos no projeto)
  • TODO List (lista de tarefas customizadas
  • Trailsave ou Save without trailinig space (retira os espaços em branco)
  • Word Completion (completa a palavra a ser digitada)

* Existem mais, consulte a página do projeto Gmate caso queira testar os outros.

Fontes
As mais usadas que vem por padrão são:

  • Bitstream Vera Sans Mono
  • DejaVu Sans Mono

Esta pode ser instalada via apt-get

  • Liberation Mono
sudo apt-get install ttf-liberation

Porém com alguns macetes dá instalar a fonte Monaco quase idêntica a fonte utilizada no TextMate:
Baixe a fonte Monaco para pasta home/nome_usuario
Crie uma nova pasta e mova a fonte para ela:

cd /usr/share/fonts/truetype
sudo mkdir ttf-monaco
cd
sudo mv Monaco_Linux.ttf /usr/share/fonts/truetype/ttf-monaco

Depois vá para o Gedit em >Edit>Preferences>Font & Colors e escolha fonte.

Temas para código
A maioria dos temas para TextMate foram convertidos para Gedit no mesmo projeto do Gmate, então basta acessar no Gedit >Edit>Preferences>Font & Colors> Color Scheme e escolher, eu particulamente estou utlizando a “RailsCasts” nas imagens deste post.

Demais configurações
No Gedit >Edit>Preferences>View>
Tab Stops/Tab width = 2
Automatic indentation/Enable =true

Referências:
Gedit TODO List
Editores de texto Gedit e Emacs
Gedit Formatter
Gedit Extract Partial Plugin
Packages Debian
Git Branch no Gedit
New version of Monaco Font