Archive for the ‘Tutorial’ Category

qui
jan 22nd

Virtualização no Windows para testar novos sof ...

A área de tecnologia avança rapidamente, por isso temos necessidade de explorar tudo o que é novo. A melhor forma de fazer isto sem medo de perder as configurações e dados do ambiente atual é virtualizar sistemas e utilizá-los para aprendizado, testes, entre outros fins. No último ano ouvimos falar muito sobre virtualização então para conhecer sem perder muito tempo seguem dois caminhos bem curtos para criar máquinas virtuais.

Virtual PC 2007 - que agora está disponível gratuitamente no site da Microsoft

      1) Instale Virtual PC 2007 que tem um pouco mais de 30 MB.

      2) Execute o programa e crie uma máquina virtual através do wizard. Se for um ambiente Linux use “Other” em “Operating System” e no próximo passo aumente a  memória ao menos para 256 MB.

      3) Com a máquina virtual criada clique em “Start” e a partir daí instale o sistema operacional normalmente.

Na minha opinião o Virtual PC é caminho mais simples e rápido para virtualização além de ser bastante “leve”, porém não se compara em questão de recursos com o Player ou Server da VMware.

VMware Player – também é gratuito, mas é preciso fazer um registro para obter o número de série. Com este software podemos rodar máquinas virtuais, porém não é possível criá-las como no Virtual PC, para isto seria necessário instalar o VMware Server que também é gratuito porém um pouco mais complexo por questões de configuração principalmente para quem usa o Visual Studio.

      1) Após baixar e instalar o programa é necessário obter uma imagem (Virtual Appliance) diretamente no site da VMware ou de outros fornecedores. Abaixo estão alguns links para imagens do Ubuntu/Linux.

    Obs: Anotar usuário e senha de cada imagem.

      2) Descompacte a imagem em uma pasta, abra o VMware Player, clique em “Open” e procure o arquivo .vmx na pasta onde estão os arquivos que foram descompactados.

      3) Carregue a máquina virtual e faça o login com o usuário e senha informado pelo fornecedor da imagem.

Mais informações e referências:

      - VMware Produtos
      - Microsoft Virtual PC
      - Virtualização para rodar Windows e Linux
      - Starting the VMware web service
      - Como instalar VMware Player no Windows e Linux
      - Usando o VMware Player no Linux

sex
jan 9th

Criando branches no Git ...

0) Instale e configure o Git.

1) No GitHub encontre o Clone URL do projeto.

2) Pelo terminal (Git Bash) entre na pasta onde será criado o projeto (Ex.: C:\projetos) e digite:

git clone git://github.com/nome_usuario_github/nome_projeto.git

3) Entre na nova pasta adicionada e crie um branch chamado working:

cd nome_projeto
git branch working master

4) Alterne para o branch working:

git checkout working

5) O branch onde estamos aparecerá com asterisco ao digitar:

git branch
  master
* working 

6) Crie um arquivo e adicione ao branch:

touch README.txt
git add README.txt

ou

git add .

ou

git add -i

- O primeiro adiciona o arquivo especificado, lembrando que README.txt é diferente de readme.txt.
- O segundo adiciona todos os arquivos modificados, excluídos ou incluídos.
- O terceiro adiciona interativamente(i). Uma lista será exibida para que cada arquivo seja incluído individualmente.

7) Faça o commit das alterações (ainda estamos no branch working) e depois liste os arquivos para ver o que temos:

git commit -m "Primeiro commit no branch working"
ls -la

8 ) Agora volte para o branch master e liste os arquivos:

git checkout master
ls -la

O arquivo README.txt não foi listado. Ele existe apenas no branch working, ou seja, o código original continua intacto.

É possível criar diversos branches e trabalhar uma parte do código em cada um deles sem alterar o branch original e depois juntá-los gradativamente assim que cada alteração fique pronta.

Consulta rápida dos comandos e fluxo do Git (Cheat Sheet)

Referências:
- Guia rápido para o GIT
- Micro Tutorial de Git

ter
jan 6th

Como usar Git no Windows ...

Além da possibilidade de usar o Git no Windows também podemos criar um repositório local para trabalhar e testar.
Os passos para iniciar o uso do Git e criar um repositório rapidamente são:

1) Baixe o Git em Code Google

2) Instale utilizando o modo “Use Git Bash only” que deve aparecer na quinta tela da versão 1.6.0.2 , de resto é só deixar do jeito que está e clicar em next e finish;

3) Clique no ícone Git Bash criado no seu desktop para entrar no terminal (similar ao console do Linux);

4) No prompt inicie configurando seu nome:

git config --global user.name 'Seu nome vai aqui'


5) Seu e-mail:

git config --global user.email seu@email.com

PS: Lembre-se que qualquer espaço em branco faz diferença no comando.

6) Para criar um repositório vá até sua pasta de projetos (Ex: c:/projetos/NovoProjeto) e depois digite o comando:

git init-db

Caso chegar nesta pasta usando Linux seja um problema, na Wikipédia existe uma relação dos comandos Linux para manipulação de diretórios e arquivos, mas para resumir, caso o diretório já exista, digite:

cd /c/projetos/NovoProjeto

E depois então:

git init-db

Pronto, um repositório local vazio foi criado!

7) Crie um arquivo texto com algum conteúdo (Ex.: teste.txt) dentro deste diretório e depois adicione ao repositório:

git add . 

(Não, o ponto não está aí por acaso, ele deve existir caso queira adicionar todos arquivos)

8 ) O arquivo já exite no repositório, veja isto com

git status

9) Agora faça o primeiro commit:

git commit -a -m "Historia 123 - Fazendo um teste"

10) Altere o conteúdo do arquivo teste.txt e comande um “git diff” para ver as alterações:

git diff

11) Insira mais alguns arquivos no diretório pelo Windows Explorer, adicione e veja o status:

git add .
git status

12) Faça o commit novamente e veja o status:

git commit -a -m "Historia 123 - Fazendo um teste: Tarefa 2 - Incluir arquivos"
git status

Este é resumo para iniciar com Git, existe muito a aprender, abaixo algumas referências:

Instalando o Git on Win passo a passo
Micro tutorial Git by Akita
Histórico do Git by Akita

Outros assuntos relacionados ao Git: